sábado, 30 de junho de 2007

AS TUAS MÃOS - Poema dedicado ao Pintor KIRA


Dá-me a tua mão,

Vem comigo,

Embala-me nas tuas cores.


Acorda os silêncios

Feitos de encanto

No refúgio deste mar

Em que me banho.


Sou a musa errante

Das palavras certas,

Misto de destino

E de breve instante.


Dá-me a tua mão,

Vem comigo.


Mostra-me pedaços de céu

Em telas de azul

E rendas de espuma.


Canta-me o sol

Em tons de amanhecer

E glória.


Dá-me a tua mão,

Vem comigo.


Fala-me dos teus gestos

E guia-me nos caminhos

Das palavras proibidas.


Dá-me a tua mão

E sente...


Tens nas mãos

Um reino de poeta.

Sem comentários: