terça-feira, 10 de julho de 2007

O GRUNHO


HOJE APETECE-ME FALAR SOBRE O GRUNHO, ESSA ESPÉCIE QUE NÃO ESTÁ EM VIAS DE EXTINÇÃO.


EM PORTUGAL HÁ-OS AOS MOLHOS.


RESMAS DELES.


ENQUANTO HOUVER PARTIDOS QUE OS ACOLHAM E ELEITORES QUE VOTEM NELES, ELES VÃO SER COMO OS GREMLINS: VÃO CRESCER, CRESCER, CRESCER E MULTIPLICAR-SE, PARA DEVORAR TUDO O QUE ESTIVER AO SEU ALCANCE.

Sem comentários: