sábado, 14 de julho de 2007

SUICÍDIO


A grande maioria das pessoas não gosta de falar ou de ouvir falar sobre o suicídio.

O suicídio é muitas vezes um acto violento de comunicação.

É mais tentado pelos homens mas é melhor conseguido pelas mulheres.

Dizia Voltaire no "Cato" que qualquer suicida desejaria não o ter feito, se vivesse uma semana.

É importante conhecer o problema do suicídio, de modo a ajudar a prevenir essa trágica situação.

Na maioria dos casos as ideias de suicídio derivam de uma crise depressiva.

Quem já teve uma depressão, sabe muito bem o sofrimento e o tormento por que passou.

A sociedade jamais entenderá a doença do desespero, do desinteresse, da fraqueza, da angústia, da culpa, do desamor, que pode culminar no suicídio.

O controle adequado de uma crise depressiva, a prevenção e a atenuação dos sintomas, fazem com que o paciente volte a acreditar na vida e em viver.


O Helder Sousa, de Azeitão, jovem polícia, voluntário da Cruz Vermelha e estudante, estava em estado depressivo profundo e "postou" pela última vez no seu BLOG AMOR E VIDA, no dia 16 de Maio de 2005.



"JÁ VOU A CAMINHO

Abraça-me então"


escreveu ele e partiu!


Descansa em Paz, Helder!


Desististe facilmente.

Sem comentários: