quarta-feira, 5 de setembro de 2007

BARREIRO SHOW-ROOM



A nossa repórter de moda foi convidada, pelas marcas Barreirenses de peças íntimas masculinas, “Tininho” e “Pierre Fardin”, agora de olho nos potenciais compradores que representam os políticos e as figuras mediáticas da cidade, a visitar os bastidores dos ensaios da passagem de modelos que se vai realizar brevemente no salão oval dos Paços do Concelho e nos jardins da casa de massagens da Marilyn Monroe, no Barreiro Velho.

Aquelas griffes, que apenas têm em vista a conquista do mercado do futuro, a instalar no novo Fórum, reforçaram o seu marketing na zona, com a divulgação em publicações voltadas para o público politicamente comprometido, promovendo um show- room em que são vedetas, conhecidas figuras masculinas da sociedade Barreirense.

As campanhas das duas marcas trazem referências explícitas aos códigos de sedução partidária, escolhendo modelos ousados, em poses provocantes.

As cuecas com suporte frontal, que dão volume, viraram um hit de design atrevido e preocupado com a máxima "tamanho é documento".

Vamos poder apreciar Carlos Palacetes de Carvalho num fio dental provocante, de cores flamejantes e tecido leve, que faz sobressair os seus óculos. Este modelo acedeu vestir a colecção “Tininho” para Presidentes de Câmara, em nome da participação. De notar o toque inovador que as correntes de metal lhe conferem, sobretudo quando utilizadas também como acessório. Observemos que foi dado um toque de charme com a elegante tatuagem de uma foice e de um martelo na nádega esquerda. Na parte frontal nota-se um pequeno piercing dourado, um total desafio à imaginação das mais atrevidas.

De salientar também a participação no desfile, de Juliano Freire e Martelo Feliz, o primeiro envergando uns boxers de gola alta, com desenhos bíblicos de fundo vermelho estampado, com um pequeno bolso para meter moedas e o segundo vestindo uma tanga azul-cueca, de modelo canguru aos saltos, importado directamente do Kosovo pelo VTM.

A nossa repórter referiu ainda a presença de um terceiro elemento, C.C. de seu nome, galã de serviço à Cidade do Cinema. Não lhe foi possível recolher elementos suficientes sobre o modelo de cuecas que este irá usar no desfile, em virtude de o mesmo se ter borrado todo e a produção ter mandado as cuecas para lavar.

O modelo lá estava sentado a um canto, todo mal cheiroso, à espera que alguém lhe emprestasse uma toalha e um frasco de Betadine.

Contamos poder dar amanhã uma nova perspectiva da passagem de modelos que se avizinha, bem como o nome de todos os intervenientes.

Sabe-se que a receita reverterá a favor da implosão do Barreiro Velho e do Mercado Marquês de Pombal.

Fiquem connosco.

Até lá, xau xau, beijinho, beijinho!

Sem comentários: