segunda-feira, 10 de setembro de 2007

ESPELHO MEU



Olho para aquela imagem que o espelho reflecte.
A imagem olha-me enquanto repito gestos matinais.
Tomar duche.
Lavar os dentes.
Espalhar o creme hidratante.
Depois a sombra e o traço do lápis nos olhos.
Escovar o cabelo.
Volto a olhar a imagem do espelho.
Tem os olhos rasos de água.
Coitada!
Tem um mar de escuridão dentro deles.
Estende-me os braços.
Parece querer abraçar-me.
Borrifo-me de Coco Mademoiselle Chanel.
Fujo-lhe.
Apago a luz.
Era o só que me faltava!
Detesto cenas de compaixão logo pela manhã.

Sem comentários: