domingo, 25 de novembro de 2007

"MIOPIA"



O que levará os homens e as mulheres a usarem aqueles cordelinhos a que prendem os óculos para os trazerem ao pescoço?
Será por medo de os perderem, ou será por quererem chamar a atenção para o facto de estarem a ficar mais velhos?
Também costumo usar óculos, quando não ponho as lentes de contacto e acho bizarro o facto de nas reuniões, ter colegas que passam o tempo todo com os óculos nas mãos ou pendurados ao pescoço sem os porem uma única vez.
Brincam com eles, segurando-os pelas hastes o que me leva a concluir que os usam apenas como um acessório.
Também os grandes armazéns e lojas da especialidade, expõem os ditos cordelinhos junto dos acessórios de moda.
Acho que os óculos conferem a qualquer pessoa que tenha de usá-los, uma imagem de maior maturidade e como tal há que abusar do seu uso.
Recordo-me a esse propósito que as crianças são cruéis. Chamam aos colegas que usam óculos “caixa d’óculos”, mesmo que estes usem o tal cordelinho que lhes dá um ar chique e lhes retira a conotação negativa pelo facto de usarem óculos.
Eu cá sou como as crianças. Quando não gosto de alguém e se esse alguém usa óculos, é certo e sabido que leva o cognome de “míope”.
Odeio míopes.
A esses, nem o cordelinho salva, porque são míopes dos olhos e do juízo.
E então aqueles que papam hóstias e os outros que lhes lambem as botas, são míopes ao cubo.
Há míopes em todos os quadrantes da vida portuguesa. Uns mais do que outros mas regra geral todos são uns grandes sacanas oportunistas.
Meu Deus, faz com que a miopia não seja contagiosa. Deixa-me ficar apenas com a minha hipermetropia e o meu astigmatismo e não me deixes cair em tentação.

Sem comentários: