domingo, 17 de fevereiro de 2008

O RESORT



Esta coisa de se ser solidário e ser distinguido por isso, tem muito que se lhe diga, porque dá uma trabalheira do caneco, aturar velhos ranhosos e pelintras.

A solução está à vista e é a criação de um resort de luxo, com restaurante "à la carte" e um SPA, onde ficarão alojados todos os idosos ricaços cujas famílias se queiram ver livres deles por bom preço.

"Mas é evidente que isto paga-se". "Não podemos ter um serviço deste e perder dinheiro".

Depois há a outra vantagem: o aumento de funcionários de 230 para 340.

Pessoal, toca a filiar no PS do Barreiro, em vez da inscrição no IEFP. O lugar fica assim garantido e há a hipótese de integrar também as listas para a Concelhia.

Eu, pela parte que me toca, vou tirar do baú aquele fio dental, que já não uso, para emprestar a uma daquelas velhinhas casadoiras, para os banhos de sol no terraço.

Depois, há que promover casamentos entre os idosos porque se um deles morrer, o outro fica com metade da sua aposentação e sempre é mais algum para ajudar a pagar os "cuidados continuados".

Isto é o que se chama de verdadeira solidariedade.

Sem comentários: