quinta-feira, 1 de maio de 2008

1.º DE MAIO



Morrem por dia em Portugal, 15 trabalhadores na construção civil.

Muitos outros ganham abaixo do salário mínimo nacional.

Outros tantos são explorados e vivem em condições de extrema pobreza.

A maior parte deles são estrangeiros em situação ilegal.

O Governo pactua com esta situação e diz que estamos a "progredir".

Estou farta!

Até quando?

Sem comentários: