terça-feira, 13 de maio de 2008

DETESTO



Hoje acordei assim.

Detesto despedidas longas e penosas.

Detesto o egoísmo e a falta de respeito.

Detesto ver comer com a boca aberta, com os alimentos a rolar, como se estivessem dentro de uma máquina de lavar roupa.

Detesto ver soprar a bica antes de beber.

Detesto ver comer a sobremesa levando à boca, várias vezes, a mesma colherada.

Detesto ver lamber os dedos após a refeição.

Detesto ver limpar a boca com um pedaço de pão, ao invés do guardanapo.

Detesto ver tirar macacos do nariz.

Detesto cheiro a suor.

Detesto cheiro a chulé.

Detesto ver bébés recém-nascidos, carecas, de fita na cabeça, ao estilo piloto Kamikaze.

Detesto a maldade, a mentira e a falsidade.

Detesto acordar acompanhada.

Detesto que me substimem.

Enfim, detesto detestar, mas detesto.

Sem comentários: