sábado, 17 de maio de 2008

A MINHA MOÇÃO DE CENSURA



Ando há alguns dias para apresentar uma moção de censura a mim própria, pelos motivos constantes das queixas de vários comentadores do meu Blog Angolana, recebidas através do mail institucional "a-mecinha@iol.pt".
Dizem eles que ando a descurar o dito cujo e que os meus “posts” já não estão a ser o que eram antigamente.
Acusam-me de ter passado a dar música a torto e a direito, ainda por cima música daquela que se ouvia no Estado Novo.
Pois bem, informo os meus leitores e comentadores que também tenho direito a tirar, de vez em quando, uns dias de folga.
Acontece que ultimamente tenho visto muito mais televisão. Tem dado imenso futebol e eu ainda não me consegui esquecer completamente dos desaires do meu Benfica, a quem vou ter de pedir responsabilidades pelo agravamento do meu estado de saúde, no que toca a problemas do foro cardíaco e psicológico.
Como disse, tenho passado mais tempo em frente ao televisor, para desanuviar um pouco do stress do dia a dia e até que a coisa tem funcionado menos mal.
Tenho estado atenta sobretudo à publicidade que dá nos intervalos de cada programa e o anúncio que mais me tem despertado a atenção é aquele do Euromilhões.
Confesso que fico um pouco deprimida com o tal reclame. É dito que o Euromilhões pode tornar as pessoas imensamente ricas, todas as semanas.
Pronto, já estou a ouvir o Eng.º Pinto de Sousa a dizer que já está resolvido o nosso problema da crise económica e que vem aí a retoma.
Agora, daqui para a frente, só os pelintras é que vão andar de automóvel porque as televisões já começaram a mostrar um senhor que estaciona na garagem, de marcha-atrás e na maior das calmas, o seu pequeno jacto com que vai para o emprego, comprado com o prémio do tal Euromilhões.
O anúncio promete criar excêntricos todas as semanas.
Agora, para comprar um avião, já não será preciso entrar no jogo das subfacturações, da contratação de trabalhadores imigrantes ilegais, das escritas paralelas e sacos azuis, dos subornos das fiscalizações das obras de engenharia civil.
Bastará jogar no EuroMilhões.
Por isso, decidi voltar a escrever no meu Blog, antes que alguém me vá denunciar às Finanças, dizendo que enriqueci.

Sem comentários: