domingo, 22 de junho de 2008

PARA O MEU AMIGO TRISTE



Não gosto de o ver assim.

Se pudesse, dividia consigo o seu pesar.

Que o sol volte a brilhar para si.

Que a lua o embale na sua luz.

Que os amigos nunca lhe faltem.

Que seja muito feliz!

Sem comentários: