terça-feira, 8 de julho de 2008

EU, MECINHA (4)



Hoje está muito calor.

Despi o meu vison para arejar e fui dar uma volta pela Miguel Bombarda.

Passei na Casa Fernandes para comprar qualquer coisa onde gastar dinheiro e dei de caras com o misericordioso.

Parecia uma árvore de Natal, todo enfeitado.

O empregado, solícito, mostrava-lhe vários apetrechos para introduzir na "ranhura".

Aquele agora está assim.

Adora que lhe enfiem qualquer coisa no orifício, para ver se saem bolinhas.

Enfim, gostos não se discutem.

Sem comentários: