quinta-feira, 3 de julho de 2008

INTERLÚDIO



Aproximam-se férias.

Vou ter de despachar algum serviço que tem prazos-limite.

Também tenho os filhotes de uns amigos que me pediram algum apoio nas cadeiras de Finanças Públicas e Economia Política, para os exames de Julho e de Setembro, na Faculdade.

Os meus velhinhos também precisam de algum apoio e de alguma companhia.

Por isso, não sei quando voltarei, em força, a escrever tão amiúde.

Mas irei escrevendo.

Até que a mão me doa.

Sem comentários: