quarta-feira, 20 de agosto de 2008

FALÁCIAS...



Já baixou o desemprego, anda ele a dizer todo ufano, a quem o quiser ouvir.

Será que ele se estará a referir aos mais de três mil desempregados a quem ultimamente mandou cortar o subsídio de desemprego?

Desta forma expedita, o homem conseguiu que as pessoas que estavam ontem desempregadas passassem a empregados hoje, num abrir e fechar de olhos, sem ter de recorrer a grandes malabarismos técnicos. Resolveu, de forma administrativa, um dos maiores problemas com que Portugal se debate na actualidade.

Viva a estatística!

E ainda dizem que o homem não é engenheiro...

Sem comentários: