quinta-feira, 20 de novembro de 2008

OSLO - Grand Caffé



O meu café preferido, em Oslo.

É lá que tomo o meu chá e como o meu bolo de chocolate, quando o frio me põe as bochechas vermelhas e as mãos geladas.

É lá também que escrevo, nas horas vagas.

Curiosamente só escrevo coisas sobre Portugal. As minhas vivências, os meus desaires, as muitas histórias que vivi e gosto de partilhar.

Tenho sempre a sensação que Ibsen lá está junto de mim a ler e a censurar-me os escritos.

Tenho caixas e caixas de palavras guardadas.

Algumas vou escrevendo por aqui.

Outras irei guardando para quando já fôr velhota.

Mas a maior parte ficará por aí, até que alguém as descubra e deite fora.

Sem comentários: