quinta-feira, 16 de abril de 2009

FALANDO COM OS MEUS BOTÕES...


Dizia-me esta manhã, uma das minhas amigas, aquela com quem tenho uma maior relação de proximidade:

- "Não percebo. Por que não te casas?".

Depois veio com aquela treta do: "és bonita, elegante, culta,etc., etc., etc.".

Já começo a ficar saturada.

Não faço, nem nunca fiz do casamento a minha prioridade.

Não porque não tenha tido essa oportunidade, mas porque constatei que há sempre um grande interesse material nessa questão e em relação à minha pessoa.

Até prova em contrário, vou ficar livre da Silva para fazer sempre o que me der na real gana.

E depois há outra coisa: sempre detestei dividir a minha cama e a minha casa de banho, com alguém.

É superior às minhas forças.

Sem comentários: