quarta-feira, 15 de abril de 2009

O MEU PARAÍSO



Apaixonei-me, logo que abri as janelas de par em par.

Ele ali está, prontinho para me acolher nas suas águas.

Vou ter tempo, todos os dias, para um rápido passeio à beira mar e, quem sabe, um reconfortante mergulho, antes de me embrenhar na selva de Lisboa.

A minha solidão já não vai pesar tanto, porque terei a companhia do Sol e da Lua, sempre que a saudade me bater à porta.

Sem comentários: