terça-feira, 15 de dezembro de 2009

UM BRINDE PELO BARREIRO VELHO!


Quando comecei nas lides bloguísticas, fi-lo apenas como terapia ocupacional, enquanto estive internada num hospital do Norte, vítima de acidente vascular cerebral que me deixou muito poucas sequelas, graças a um trolha ucraniano, que por acaso era médico e estava no sítio certo, à hora certa.

Logo da primeira vez que entrei na net, e digitei "Barreiro Velho", cidade onde os meus avós me deixaram um legado e onde nasceram e moram grande parte dos meus tios e primos, dei de caras com o meu Bizinho do peito e logo se gerou uma empatia que só muito mais tarde viria a compreender.

Estivemos juntos no mesmo inferno. O Diabo não quis que lá ficassemos os dois juntos, porque era dose demais, a Verdadeira e o Conde do Barreiro Velho, juntos.

Bizinho, já lá vão quatro anos e espero que muitos mais se lhes sigam, com a sua assertividade e a sua luta pela reabilitação do Centro Histórico da cidade, para que o Barreiro seja uma cidade que todos possamos desfrutar como uma verdadeira cidade e não como um subúrbio de Lisboa.

Beijokas para si, com sabor a filhós de Natal e bolas de manteiga.

CHEERS!

Sem comentários: