terça-feira, 21 de setembro de 2010

O HOLOCAUSTO ANGOLANO




Ninguém no Mundo tem a noção daquilo que foi o 27 de Maio de 1977, em Angola.

A "purga" angolana, lamentavelmente, não figura nas denúncias dos crimes contra a Humanidade.

Não existe nenhum relatório de nenhum organismo internacional, defensor dos Direitos Humanos, que refira aquilo que foi a actividade perversa e tenebrosa do regime político de Agostinho Neto e seus seguidores.

Não há certidões de óbito e os familiares desconhecem o paradeiro dos restos mortais dos seus entes queridos.

O acesso aos documentos oficiais nem sequer é autorizado e, ao que tudo indica, jamais irá ser feita JUSTIÇA.

Tudo isto, como é evidente, gera impunidade e dá aos criminosos a certeza de terem saído vitoriosos.

Sem comentários: