quarta-feira, 27 de outubro de 2010

CULPADOS!



Agora deitam as culpas para a crise económica internacional.

Não admitem o fartar vilanagem com que, durante quinze anos, administraram o erário público português.

Carros topo de gama, brutas almoçaradas e jantaradas, admissão de pessoal não qualificado, a ganhar balúrdios, tráfico de influências, despesismo e regabofe total.

Empurram de uns para os outros e negam, negam com a maior desfaçatez e irresponsabilidade de que há memória.

O que é facto, é que fizeram com que Portugal esteja agora na cauda da Europa e ocupe o trigésimo segundo lugar do ranking da corrupção, de entre os 178 países considerados.

Sem comentários: