domingo, 17 de outubro de 2010

PAÍS DE CACETEIROS



Essa coisa de terem inventado a prova de meios de subsistência, através da internet, a fim de não serem cortadas as prestações sociais a quem delas necessita, não passou de um estratagema para "engordar" aquelas agências de contribuintes, que levam entre 10 a 15 euros para preencher impressos de IRS, cartas de condução, fazer requerimentos, etc., etc., etc..

Achei desumano que este governo tenha feito essa imposição, porque há pessoas idosas e deficientes que nem sequer sabem o que é um computador, nem tão pouco podem dispôr de dinheiro para esse efeito. O que recebem de reforma, mal lhes chega para comer, quanto mais para pagar a alguém que lhes introduza os dados no site da Segurança Social.

Eu e um grupo de amigos, resolvemos alterar esse estado de coisas aqui no nosso burgo. E, vai daí, com a colaboração de toda a gente que conseguimos juntar, proprietária de computadores, com acesso à internet, fizemos essa inserção de dados a quem dela precisou, sem cobrar nada por isso. Tudo à borlix, para desespero de quem tem ganho muito dinheiro à custa desses pobres coitados, que mal têm para comer.

O resultado dessa nossa "campanha" foi que comecei a receber ameaças telefónicas de porrada, se continuasse, juntamente com os meus amigos, a ajudar aquela gente.

Mas como não tenho medo de ameaças, quero deixar aqui bem explícito que jamais me deixarei intimidar pelo que quer que seja, ou por quem quer que seja.

O nosso País está dominado por mafiosos e corruptos, por gente sem escrúpulos.

Mas sempre que houver alguém a quem eu possa ajudar, eu vou lá estar, sem cobrar um cêntimo que seja.

Mesmo que seja ameaçada de porrada.

Sem comentários: