sexta-feira, 22 de outubro de 2010

PORTUGAL JÁ FEDE POR TODOS OS LADOS



Agora são as grandes superfícies a poderem abrir todos os dias, com a desculpa de que será em benefício dos trabalhadores desempregados. Segundo o que dizem os patrões, irão ser criados mais de dois mil postos de trabalho.

É de rir. Ainda tenho na memória a famosa promessa da criação dos tais 150.000 empregos, feita pelo mentiroso compulsivo, quando da sua campanha para as legislativas, empregos esses que ninguém conseguiu em lado nenhum.

Portugal já é um penico sem fundo, onde quem fica sempre borrado são aqueles que trabalham no duro e pagam impostos.

Por isso, meus Caros, ponham-se a jeito e preparem-se para serem sugados até ao osso, porque esta história da crise, só se reflecte em quem vive exclusivamente daquilo que ganha com o seu trabalho.

Sem comentários: