quinta-feira, 4 de novembro de 2010

APANHADOS COM A BOCA NA "BOTIJA"



Um Pároco peruano da cidade de Trujillo, foi apanhado em flagrante, em Setembro passado, pelo marido da empregada doméstica da paróquia, quando ambos estavam entretidos no "truca-truca".

O pobre do "enfeitado" não se conformou com a "limpeza" que a esposa andava a fazer ao padre, desde há um ano, e registou tudo em vídeo, para a posteridade, para o filhote que vai nascer daqui a poucos meses, ficar com uma recordação dos bons momentos em que foi concebido.

A senhora disse à imprensa que foi coagida sexualmente pelo Padre que a obrigava a ter relações sexuais.

O vídeo integral, sem a sombra, demonstra que os dois são danados para a brincadeira, o que deita por terra a teoria da coacção e da violação de que ela se queixou à Polícia, já que a mulherzinha até revirava os olhinhos de prazer.

O Padre diz que caiu numa armadilha montada pelo casal.

Eu adorei aquele pormenor do rolinho de papel higiénico, estrategicamente colocado para o que desse e "viesse".

Agora o Padre lá vai ter de fazer o teste de ADN, pagar os "serviços" da senhora e assumir o filho, conforme é desejo da empregada que, após 15 anos de trabalho na Paróquia, foi agora despedida, enquanto o Padre continua a rezar missa, como se nada se tivesse passado.

Eu faço daqui um apelo ao Papa Bento XVI.

Deixe casar os Padres. São homens com as mesmas necessidades e "capacidades" de qualquer homem que se preze.

Eu voto a favor!

Sem comentários: