quarta-feira, 1 de dezembro de 2010

ORA VAMOS LÁ VER SE NOS ENTENDEMOS


Desde há muito tempo que tenho recebido e-mails, enviados por desconhecidos e desconhecidas, com extractos de textos de uma Senhora Deputada, que escreve para um jornal on-line de Setúbal, extractos esses pertencentes a textos com bastantes erros ortográficos.

Ora eu não sou revisora de textos de nenhum jornal e, se o fosse, certamente que cobraria os meus honorários.

Hoje acordei com a caixa de correio com catorze e-mails, todos com o mesmo texto.

Quem os mandou deve conhecer a Senhora e, por isso, aconselho a irem ter com ela e dizer-lhe que tenha mais cuidado na maneira como escreve, pois fica mal a uma representante da Nação, que está a ser paga por todos os portugueses, dar tantas "paulitadas" na gramática.

Resolvi fazer um "post" sobre este assunto, porque já estou saturada de me andarem sempre a "encher o saco" com o mesmo tema.

Telefonem-lhe, escrevam-lhe, vão ter com ela, mas NÃO ME CHATEIEM MAIS.

Se não conseguirem falar com ela, podem ir falar com o Paizinho que, certamente, lhe transmitirá o recado.

Sem comentários: