quarta-feira, 12 de janeiro de 2011

POR TUDO ISTO E MUITO MAIS....


O ano de 2010 terminou e, portanto, quero agradecer a todos, os e-mails muito educativos que recebi durante o ano. Estou convencida que sou um caso perdido e que as minhas hipóteses de cura são quase nulas. Isto porque:

1. Já não consigo abrir a porta da casa de banho sem usar um toalhete de papel;

2. Também já não confio na empregada do bar para me pôr rodelas de limão no meu copo de água com gás, sem ficar preocupada com as bactérias que certamente estarão na casca do limão;

3. Já não consigo sentar-me sobre a colcha da cama do meu hotel preferido, sem imaginar o que aconteceu sobre ela, desde a última vez que foi lavada;

4. Tenho relutância em apertar a mão de alguém que tenha estado a conduzir porque, estatisticamente, o passatempo favorito de muitos portugueses, quando conduzem sozinhos, é tirar "macacos" do nariz;

5. Já não saboreio o meu petisco favorito, em paz, porque fico preocupada a calcular quantos litros de gordura transgénica tenho ingerido nos últimos anos;

6. Não consigo tocar na bolsa de qualquer amiga, com medo que ela a tenha pousado no chão de uma casa de banho pública qualquer;

7. Sinto-me na obrigação de enviar os meus agradecimentos a quem me enviou um e-mail sobre a tendência que os ratos têm de fazer cocó na cola dos envelopes, pois agora tenho de usar uma esponja molhada para fechar cada envelope;

8. Além disso e pelo mesmo motivo, já não consigo evitar esfregar furiosamente a parte superior de qualquer lata de refrigerante, antes de abri-la;

9. Gastei todas as minhas economias, porque as fui enviando para uma menina muito doente (Penny Brown), que está prestes a morrer pela 1.387.258ª vez;

10. Estou tesa, mas isso vai mudar quando eu receber os $15.000 que o Bill Gates / Microsoft e a AOL vão enviar-me por participar no seu programa especial de e-mail;

11. Tenho medo de ir tomar uma bebida a um bar, com receio de acordar sem rins, numa banheira cheia de gelo;

12. Não consigo usar desodorizantes, porque causam cancro, mesmo que eu possa ficar a cheirar a cão molhado, num dia de intenso calor;

13. Graças a todos vocês aprendi que as minhas orações só são atendidas ,se enviar um e-mail para sete dos meus amigos e fizer um desejo dentro de cinco minutos;

14. Por causa das vossas preocupações eu já não bebo Coca-Cola, porque ela tem também a capacidade de remover manchas da sanita;

15. Já não meto gasolina sem ter alguém por perto, para tomar conta do carro, para evitar que algum maluco de um assassino em série possa entrar, sorrateiramente, no banco de trás, enquanto eu atesto o depósito;

16. Já não uso película de plástico, no micro-ondas, porque provoca sete tipos diferentes de cancro;

17. E obrigada por me dizerem que não devo ferver um copo de água no micro-ondas porque pode explodir na minha cara, desfigurando-me para sempre;

18. Deixei de ir ao cinema, porque poderia ser picada por uma agulha infectada com o vírus da SIDA, ao sentar-me;

19. Já não vou aos centros comerciais, para evitar ser drogada com uma amostra de perfume e ser de seguida roubada;

20. Não atendo o telefone, com medo de que alguém me peça para discar um número qualquer, que me vai fazer receber uma conta absurda de uma mão-cheia de chamadas para a Jamaica, Uganda, Singapura, Uzbequistão, etc.;

21. Já não compro biscoitos no Continente, pois agora tenho a sua receita sem transgénicos;

22. Graças a vocês eu agora apenas uso a minha sanita, porque tenho um medo de morte que uma enorme serpente preta possa estar escondida sob o assento e trincar o meu traseiro, causando-me morte instantânea;

23. Também já não apanho moedas perdidas no chão porque, provavelmente, foram lá colocadas por algum molestador sexual, à espera que eu me baixe para atacar;

24. Já não faço jardinagem, com medo de ser picada pela aranha viúva negra e não chegar a tempo a um centro de socorro;

Se vocês não reencaminharem este "post" para, pelo menos, vinte pessoas, sei que isso irá ocorrer, porque, na verdade, aconteceu com um amigo meu.

Já agora...

Um cientista alemão da Argentina, após estudo aturado, descobriu que as pessoas com actividade cerebral insuficiente lêem os seus e-mails com os dedos no rato.

Não se preocupem em tirá-los agora. É tarde demais.

PS(salvo seja):A partir do momento em que me foi dito num e-mail que os salpicos da água do autoclismo atingem uma distância de mais de dois metros, passei a guardar a minha escova de dentes na sala de estar.

Desejo a todos vocês o resto de uma óptima semana e uma vida muito saudável.

Adoro-vos!

Vocês são o máximo!

Sem comentários: