segunda-feira, 2 de maio de 2011

SERÁ QUE FOI DESTA?


Depois de terem procurado Bin Laden por tudo quanto era sítio, nas montanhas, em grutas, em tendas e desertos, os "seals" americanos foram dar com ele semi escondido num complexo residencial de luxo, a oitocentos metros de uma academia militar paquistanesa.

As autoridades paquistanesas, se pressionadas, certamente irão ter alguma dificuldade em explicar tanto à vontade do falecido e tanto desconhecimento da sua parte.

As bolsas de todo o mundo subiram e a de Lisboa parece ter batido recordes.

O preço do petróleo baixou e os indicadores económicos subiram, graças à anunciada morte de Bin Laden. O clima é de regozijo e de festa.

Pergunta-se: mudou alguma coisa? Superámos a crise? O planeta está melhor e mais seguro? O terrorismo acabou?

O que é estranho no meio disto tudo, é o facto de, após tantos anos de perseguição, simplesmente terem feito desaparecer a carcaça.

Já se sabe que a fotografia do rosto ensaguentado de Bin Laden, que circula na internet, foi uma montagem grosseira, já assumida por uma cadeia de televisão paquistanesa.

Este tipo de circunspecção e avareza na informação, fará as delícias dos fundamentalistas das teorias da conspiração. Se uns disserem que Osama já morreu há muitos anos, outros garantirão que tudo isto não passará de uma encenação à americana, com claros fitos eleitoralistas.

Por isso, Obama, que tal um videozito fidedigno e umas fotos sem photoshop, para a malta não ficar com a sensação que esta é mais uma história muito mal contada?

Sem comentários: