quinta-feira, 5 de maio de 2011

UM FIM DE SEMANA ROMÂNTICO


Amanhã, sexta-feira, a seguir ao almoço, vou partir para um fim de semana romântico, comigo mesmo.

Poderá parecer estranho, alguém passar um fim de semana romântico, consigo própria, mas é uma das coisas que gosto muito de fazer, quando estou cansada e quero fugir um pouco ao bulício e ao stress do dia a dia na cidade.

É bom não ter horas para nada, não ter de aturar ninguém, poder dar asas a tudo aquilo que se tem vontade de fazer e de não fazer, comer o que se quer.

O local de eleição é junto ao mar, onde há bom peixe, boa praia, sossego e uma casa que tenho fechada durante a maior parte do ano e que só é usada quando me dá na real gana de ir fazer mergulho e/ou os meus retiros "espirituais".

Curiosamente, e apesar de ter muitos amigos, só convidei uma vez uma pessoa para passar lá um fim de semana, pois considero-a o meu local "sagrado", que só irá ser conhecido quando eu um dia esticar o pernil e a mesma fôr deixada em testamento a um membro da família, que a mereça.

Ainda bem que essa tal pessoa declinou o convite, porque maldosa, "boquirrota" e "badaleira" como é, esse meu refúgio deixaria de ser o meu segredo e eu passaria a andar nas bocas do mundo como se fosse uma daquelas "profissionais do cabedal", que actuam na recta de Coina ou junto ao Clube de Vela do Barreiro.

Mas como vozes de burro não chegam ao Céu, Sesimbra cá vou eu!

Inté!

Bom fim de semana para mim.

Sem comentários: