sábado, 4 de junho de 2011

DE ONDE VIRÁ O DINHEIRO?



Eles andaram com:

- 5 autocarros de 55 lugares

- 20 monovolumes

- um camião tir com palco, régie e ecrã gigante e 3 técnicos

- duas estruturas independentes com equipas de 10 elementos, cada uma, para montagem e desmontagem de palco, dotado de sistema de som profissional, estilo concerto de média dimensão

- 3 bancadas (duas laterais e uma frontal) com capacidade total para 250 pessoas sentadas

- Distribuiram t-shirts, sacos de pano, canetas, calendários, chapéus, edição de 6 jornais de campanha, flyers de todo o tipo e feitio, múltiplos adereços para oferta, autocolantes, etc.

- Colocaram um outdoor no lanço mais caro de estrada.

- Mobilizaram dezenas de outros tantos autocarros, para transportar, para os vários comícios, pessoas de outras zonas do país, como sucedeu na Afurada, em Braga e no Porto. Todos da Transdev.

Alguém me explica, por favor, como é que o PS prevê pagar só dois milhões de euros pela campanha que findou?

Quem irá pagar o restante e este desperdício de dinheiro mal gasto?

Acho que já está na hora de ser feita uma investigação policial.

Sem comentários: