domingo, 28 de agosto de 2011

SANTA NATUREZA


Após uma semanita de férias num paraíso espanhol, chamado Cangas de Morrazo, onde tenho óptimos amigos espanhois, com quem tenho por hábito passar uma semana de férias, todos os anos, geralmente durante o mês de Agosto, por ser o mais quente, eis-me de volta a este país desconchavado, sem rei nem roque, de tal forma que a minha vontade era a de ficar por lá e não regressar mais.

Segundo o que li na imprensa espanhola, durante o tempo que lá estive, o querido mês de Agosto, em Portugal, tem sido um mês de escandaleira política, que até mete dó.

Descobertas recentes de défices e mais défices, facturas misteriosas, vigarices e mais vigarices, cambalachos, e sempre os mesmos a pagar o "pato", de tal forma que já não tenho pachorra para aturar isto.

Acho que me vou desligar completamente do quotidiano português e, sempre que puder, irei ficar mais perto da Natureza, junto ao mar, aquele mar espanhol, de Barra, onde não há preconceitos, onde cada um é igual a si próprio.

Viva a Natureza!

Vivam todos aqueles que amam o mar, o céu e a terra, e a preservam.

Os "políticos" podem ir todos para um sítio que aqui não digo, enterradinhos até ao pescoço, pois não fazem cá falta nenhuma.

Pelas notícias que se têm lido ultimamente, seriamos todos muito mais felizes e tolerantes, se não existisse essa classe de incompetentes oportunistas, ao cimo da terra.


Sem comentários: