terça-feira, 6 de setembro de 2011

"REFLECTIONS OF MY LIFE"



Estamos na chamada "rentrée", o começo de mais um ano de trabalho intenso, porque em Portugal há muito que se adquiriu o hábito de pausar, normalmente durante as chamadas férias de Verão.

A próxima semana vai ser a "doer" para muitos de nós que não sabemos e podemos fazer outra coisa senão trabalhar.

Para mais agora que o País atravessa a pior crise de sempre.

Todo o esforço vai ser pouco, para "endireitar" tudo aquilo que foi destruido por uma governação selvagem.

Animem-se e pensem que não vale a pena chorar. O mal já está feito e agora há que tentar reparar os danos causados por um mentiroso compulsivo e o seu gang, que se estão cagando para os portugueses, porque, segundo as notícias vindas a público, algures num offshore, já lá "cantam" uns milhões de euros, porque o dinheiro deles é fêmea e reproduz-se vertiginosamente.

Só nos resta reflectir se é isto que queremos para nós e para Portugal e se já não estará na hora de fazermos um novo 25 de Abril, mas desta vez sem cravos.

Esta música tem uns anos e canto-a muitas vezes nas tertúlias, com os amigos.

Faz-me recordar tempos passados que, atentos ao que se está a passar actualmente, não eram tão maus quanto isso.

Reflectir, precisa-se!

Sem comentários: