quarta-feira, 28 de março de 2012

"OBSESSÕES"



Ultimamente, e por motivos vários,  tenho-me dedicado ao estudo das patologias obsessivas-compulsivas.

Diz a ciência que o processo terapêutico é de extrema importância para certo tipo de obsessivos, incluindo o mais recente, o chamado "stalker" que persegue a sua vítima de todas as maneiras e feitios.

Como técnica, aconselho aos obsessivos, frente ao mínimo sinal, procurar a ajuda especializada de um psicólogo ou psiquiatra,  o quanto antes, para que,  de facto, se inicie um processo eficaz ao tratamento dessa patologia que tira qualquer um do sério.

Como ser humano, acho que o melhor seria, sem dúvida, uma cachaporra por aqueles cornos abaixo, até se lhes acabar a mania.



 

 


Sem comentários: