terça-feira, 1 de maio de 2012

"BWINSUBSÍDIO"



É raro o dia em que a  comunicação social portuguesa não traga à baila a guerrilha  protagonizada pelo Primeiro Ministro e pelo Ministro das Finanças, sobre o avanço de números e de datas em que terá lugar a restituição dos subsídios de férias e de Natal,  aos funcionários públicos.

Vão restituir  5%, 25%, ou nada?

Será em 2014, 2015, 2018 ou jamais?

Decidam-se!

Acho que vou organizar um jogo de apostas, do tipo das que se fazem em Inglaterra, com as corridas de cavalos.

Até ao ano de 2018 muita água vai correr debaixo da ponte, sobre esta matéria,   e eu poderei, assim, dar asas ao meu empreendedorismo e ganhar umas "massas"  valentes.

Sem comentários: