terça-feira, 23 de outubro de 2012

QUANDO OS ELEFANTES ESTÃO PRIMEIRO.....


A propósito de "Hipocrisia Estrunfe", numa das minhas missões em África, integrada numa ONG que presta assistência a crianças carenciadas, no Continente Africano, crianças essas, a maior parte delas  orfãs com SIDA, que nunca tiveram  a sorte de saber fazer sopa, por serem pobres, miseráveis e não terem a possibilidade de produzir nem de comprar todos os ingredientes necessários para o efeito, veio-me à ideia uma situação caricata que se passou durante aquele mês de Março, um dos mais quentes em África, que me faz recordar a actual situação económica e financeira que se vive em Portugal, que leva a que as crianças portuguesas, em geral, estejam a pagar pelos erros dos pais que se deixaram deslumbrar pela entrada na CEE,  que permitiu que muitos pensassem que o "El dorado" iria ser um manancial eterno,  que não teria custos gravosos, a longo prazo.

As pessoas deixaram de saber produzir, de saber poupar, de saber discernir, pois a entrada na União Europeia deslumbrou-os e o dinheiro fácil convenceu-os de que eram todos ricos e que poderiam esbanjar eternamente, aquilo que não produziam, não poupavam, nem pagavam.

Mas voltando à tal situação caricata, nessa missão estivemos quinze pessoas, cada qual com a sua especialidade.

Havia médicos, enfermeiros, tradutores, 2 advogados, um arqueólogo, um higienista oral e uma nutricionista. Passávamos os dias a tentar fazer por aquelas crianças aquilo que nos era possível, pois algumas delas já se encontravam em fase terminal e os recursos que tinhamos, eram quase nulos para aquela situação de grande carência alimentar e médica.

Um belo dia, fomos despertados por uma grande algazarra no acampamento. Eram algumas crianças que seguiam em festa,  três indivíduos brancos, todos janotas, equipamento à maneira e farda a condizer, que se vieram apresentar como sendo engenheiros alimentares,  que nós pensávamos ser de uma outra organização que nos ia render.

Pelo sotaque e pela bandeirinha pregada numa das mangas  do colete, ficámos a saber que os três eram americanos.

O higienista oral e a nutricionista, portugueses, deliraram com o facto de eles serem engenheiros alimentares. Poderiam ajudar na produção e confecção de alimentos consistentes,  à base de arroz, farinha de milho ou mandioca, leite e soja, para minorar a fome daquela gente.

Nós, portugueses, fomos junto ao rio, onde havia um terreno muito fértil, a imaginar, com um brilho nos olhos,  a quantidade de arroz que poderia  ser produzida ali, os legumes, o milho, etc..

Quando abordámos os americanos nesse sentido, a resposta foi surpreendente.

Suas Excelências informaram-nos que não pertenciam à organização de que estávamos à espera, mas que estavam ali, contratados pelo Governo daquele país, para ensinar, única e exclusivamente,  os autóctones, a fazer rações para elefantes, que estão em vias de extinção.

Em Portugal, e por analogia, como as crianças também estão em vias de extinção, não vai tardar nada que lhes comecem a servir, nas cantinas escolares, rações para cão, "made in China".

3 comentários:

Magus disse...

O seu pungente relato, mais parece uma sádica anedota, sádita e fétida, atraindo as crianças famintas para se alimentarem, e depoi se lhes diz que afilal, era para alimentar os elefantes.

Oh natureza maldita, quantos monstros tu produzes!

maria nabais pena disse...

DE FACTO NESTA VIDA ACONTECEM COISAS QUE MAIS PARECEM ANEDOTAS MAS MESMO QUE ASSIM FOSSE SERIAM DE MUITO MAU GOSTO, POIS COM A COM A FOME NÃO SE DEVE BRINCAR!!! QUANTO AO PROBLEMA DE PORTUGAL SER UM PAÍS DE PESSOAS ESBANJADORAS E A CULPA SER DA ENTRADA PARA A UE, NÃO É SÓ ESSA A CULPA MAS TAMBÉM...OLHA EU TENHO 56 ANOS, NUNCA PASSEI MAL, TENHO DUAS FILHAS QUE AINDA PASSARAM MELHOR QUE EU E HOJE EM DIA COM TANTA AUSTERIDADE QUE O NOSSO PAÍS TEM QUE AGUENTAR, NINGUÉM SENTE MUITO A PRESSÃO E PORQUE? PORQUE SEMPRE FOMOS EDUCADOS NA POUPANÇA E AO ESSENCIAL, HAJA TRABALHO E TUDO SE RESOLVE. MUITO OBRIGADO PELA PARTILHA

maria nabais pena disse...

ESTA HISTÓRIA SÓ PODE SER BRINCADEIRA DE MAU GOSATO, DE FACTO ANDAM PESSOAS A AJUDAR NO QUE PODEM PARA DEPOIS SEREM APANHADOS COM SURPRESAS DESTAS!!! QUANTO AOS NOVOS HÁBITOS DOS PORTUGUESES, A CULPA N~
AO DEVE SER SÓ DA ENTRADA NA UE, MAS TAMBÉM DA EDUCAÇÃO QUE CERTOS PAIZINHOS VIERAM DANDO AO LONGO DOS ANOS AOS SEUS FILHOS; TENHO 56 ANOS NUNCA FUI RICA NEM POBRE, TENHO DUAS FILHAS QUE JÁ TIVERAM MAIS DO QUE EU, E MESMO ASSIM SOMOS UMA FAMILIA EDUCADA NA POUPANÇA E NO ESSENCIAL. COISA QUE MESMO NA CAMADA SOCIAL MAIS FRACA SE VÊ POUCO!!! MUITO OBRIGADO PELA PARTILHA.