sexta-feira, 27 de junho de 2014

SEGURO VS COSTA



Quando será que os socialistas portugueses vão começar aos tiros, uns aos outros?

Acho que vai ser uma questão de tempo. Para já, só têm acertado nos próprios pés.

Este Partido Socialista virou um partido de ginastas e acrobatas contorcionistas, especialistas em "trampolim".

Fico parva por ter constatado que alguns, outrora convictos apoiantes de Seguro, viraram o bico ao prego e agora apoiam o Costa que por sua vez mandou um valente chuto na gaiola do Seguro que soltou o pássaro que há em si.

E querem eles ser a alternativa ao actual estado de coisas.

Não me convencem.

"Jamé!"







CHEGUEI!




Pronto, pronto, não é preciso mandarem-me mais e-mails, nem fazerem mais comentários no Blog. Eu não morri e já estou por cá há alguns dias, na ramboia, embora o tempo não esteja muito convidativo a férias.

Não publico os Vossos comentários porque alguns deles são um bocado "indiscretos" e fora de contexto.

Já soube que houve um "dilúvio" no Barreiro,  que deu cabo das minhas rosas todas,  e que o país continua debaixo de uma tremenda  irrelevância a todos os níveis.

Tirando isso e o facto de alguém me ter querido casar, à força,  com um socialista, tá-se bem.

Vou andar por aí a tirar a barriga de "misérias".

Chocos fritos, ou com tinta, pataniscas de bacalhau e carapauzinhos fritos com arroz de feijão ou de ervilhas, com salada mista temperada com bastante vinagre, sardinhas assadas, francesinhas, bolas de manteiga e caldeirada, me aguardem!

Beijokas!