sexta-feira, 27 de fevereiro de 2015

"COSTICES"



António Costa soma e segue os tiros nos pés.

Como líder da oposição, não tem estratégia nem  apresenta alternativas, e utiliza sempre o mesmo tipo de discurso cata-vento,  em todas as situações, para o lado que o vento estiver  a soprar.

De tanto malabarismo que faz, as escorregadelas são uma constante,  e os tombos são mais que muitos.

Depois da cena dos automóveis em Lisboa e do perdão da dívida ao Benfica, diz cá dentro que Portugal está péssimo,  e para fora afirma  que Portugal está melhor.

Desta vez notou-se demais a sua falta de capacidade  para ser o Primeiro Ministro de Portugal.





1 comentário:

Jane disse...

Opa o seu blog é de morrer a rir!!
As manipulações de imagens estão brutais!

http://www.techemportugues.com/